::Perfil::

Nome:FiLhA dO sOl
Idade:Do TamAnHo Da AlMa
Cidade:MoRaDa DoS pEnSaMeNtOs
Livros:O Diabo Veste Prada, O Futuro da Humanidade, O Amuleto, Olga, Johnny vai à Guerra, A moça com o brinco de pérolas, O Testamento, O Seminário dos Ratos, Marley e Eu, As Flores do Mau, Pequenos Poemas em Prosa, Antologia Poética de Vinicius de Morais, Código da Vinci, Anjos e Demônios, Fortaleza Digital, Memórias Póstumas de Brás Cubas, Tentações...
Paixões:TuDo O qUe É iNtEnSo...:::...
Filmes:A casa do Lago, Os miseráveis, X-Men (todos), Harry Potter (todos), O Todo Poderoso, O Diabo Veste Prada, O Efeito Borboleta 1, Eu Robô, Piratas do Caribe (todos), O Senhor dos Anéis (todos), Blade Runner, O amor não tira férias, Janela indiscreta, Olga, Poseidon, Cazuza O Tempo não Pára, O Mercador de Veneza.
Músicas:Todas com melodia e letra de qualidade...


::Sites Legais::
.::Papiro de Clio ::.
.::IBAMA::.
.::Domínio Público::.
.::1000 Imagens (Fotografias)::.
.::Projeto Releituras ::.
.::Universitando::.




::Já Passou::
28/10/2007 a 03/11/2007


::Créditos::





::Votação::

Dê uma nota para meu blog






::Contador::



Responsabilidade... incógnita e indefinida...

Notamos que desde criança, a responsabilidade chega com um gosto bastante amargo para o ser humano, até que a mesma torna-se rotineira (obviamente, que em alguns casos, não encontramos vestígios de “primórdios” da conhecida “responsa” nas pessoas).

            Cada um encara seus deveres de uma forma, existem os que a levam com infantilidade, os que não fazem, os que a sintetizam a um único ato; aqueles que percebem não só a responsabilidade, mas também, a sua intensidade; ainda existe quem goste de colecionar diversos tipos e espécies deste e os que a deixam pra depois, até o último gole. Não sabe-se da existência da fórmula que transforme a responsabilidade, em algo sintetizado, ela simplesmente existe, e aparece de diversas formas na vida de um ser humano.

            É comum encontrarmos-na de forma banalizada hoje em dia, o que antigamente era sinônimo de honra, atualmente é símbolo do caretismo. Parece que, quanto mais cético o indivíduo é, maior a liberdade de personalidade, ou o que quer que seja.

            Responsabilidade, entende-se no popular em “dar conta do recado”. Com certeza, o mundo seria melhor, se as pessoas encarassem com seriedade, seus deveres, e parassem de dar-lhes o direito de não fazê-los.

 



Escrito por .:FiLhA dO sOli:. às 20h34
[] [envie esta mensagem]